segunda-feira, 7 de novembro de 2011

Desafio para o 5º ano

A professora Fernanda Marques nos enviou este desafio para ser respondido como dever de casa pelos alunos do 5º ano, mas que pode servir para qualquer turma treinar seus conhecimentos sobre pontuação. Este conhecido texto será a base para o exercício: COMO EMPREGAR A PONTUAÇÃO DE ACORDO COM A INTENCIONALIDADE.

O TESTAMENTO - A PONTUAÇÃO FAZ A DIFERENÇA

Um homem rico estava muito mal, agonizando. Pediu papel e caneta. Escreveu assim:

"Deixo meus bens a minha irmã não a meu mordomo jamais será paga a conta do padeiro nada dou aos pobres."

Morreu antes de fazer a pontuação. A quem deixava a fortuna? Eram quatro concorrentes.

1) O mordomo fez a seguinte pontuação:
Deixo meus bens à minha irmã? Não! A meu mordomo. Jamais será paga a conta do padeiro. Nada dou aos pobres.


2) O padeiro pediu cópia do original. Puxou a brasa pra sardinha dele:
Deixo meus bens à minha irmã? Não! A meu mordomo? Jamais! Será paga a conta do padeiro. Nada dou aos pobres.

3) Aí, chegaram os descamisados da cidade. Um deles, sabido, fez esta interpretação:
Deixo meus bens à minha irmã? Não! A meu mordomo? Jamais! Será paga a conta do padeiro? Nada! Dou aos pobres.


4) COMO O TESTAMENTO PODERIA BENEFICIAR SUA IRMÃ? Reescreva o texto em seu caderno colocando a pontuação a favor da irmã do defunto.

OBS.: Discutiremos em sala e amanhã divulgaremos a resposta no blog.

Um comentário:

  1. Deixo meus bens à minha irmã. Não a meu sobrinho. Jamais será paga a conta do padeiro. Nada dou aos pobres.

    ResponderExcluir